Aumento substancial dos partos normais comprova mais uma vez a busca da excelência da Saúde Pública de Brumado

O parto normal é aquele em que o bebê nasce por via vaginal, sem nenhuma intervenção cirúrgica. Esse tipo de parto é muito benéfico, pois pode diminuir os riscos tanto para a saúde da mãe quanto do bebê em gestações de baixo risco, além de ser recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Apesar dos benefícios do parto normal, o Brasil lidera o ranking dos países da América Latina em cesarianas. De acordo com o Sistema de Informações sobre Nascidos Vivos (SINASC), nos hospitais do país, principalmente privados, cerca de 85% das mulheres fazem parto cirúrgico. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que, no máximo, 15% dos partos sejam cesarianas. Os números mostram uma situação totalmente diferenciada desse quadro nacional, já que, somente nesse ano de 2019, dos 383 partos realizados no Hospital Municipal Professor Magalhães Neto, 223 foram normais, ou seja, 60% dos procedimentos. Isso mostra que Brumado continua no caminho certo em busca da excelência nos serviços de saúde pública, já que os índices são inquestionáveis nesse sentido.

   Compartilhar no Facebook    Compartilhar no Whatsapp